Data.Me

Arqueologia de uma identidade digital

Um desenho virtual partilhado
Website (visualização de informação)
Melany Abade
  • identidade virtual
  • visualização
  • dados
  • informação
  • redes sociais

Data.Me é um projecto de exploração do “eu digital” que examina o que comunicamos online através de dados fornecidos voluntariamente e involuntariamente num quotidiano pós-digital. O projecto explora a visualização dos dados que publicamos, nomeadamente em redes sociais, segundo diferentes categorias identitárias, tais como preferências, perfil emocional, perfil físico e mapa geográfico.

Como resultados de um processo de análise, as visualizações baseiam-se, numa primeira etapa, na tradução da informação recolhida online em gráficos, para uma posterior exploração das qualidades estéticas da representação visual da informação.

Assumindo que online somos compostos por muitos “heterónimos digitais”, Data.Me explora as múltiplas estórias que comunicamos através dos dados que fornecemos e procura reflectir sobre o modo como estes definem a nossa imagem e identidade.

Data.Me centra-se em três modos de recolha dados: fotografias disponíveis online, pesquisa Google e análise dos estados e gostos da rede social Facebook.

Fotografias disponíveis online:
Segundo três tipologias:

  • as minhas fotografias que publico no facebook (MF), com um total de 52 imagens;
  • as fotografias em que fui identificada (FI), com um total de 64 imagens;
  • as fotografias resultantes da pesquisa no Google (FG), com um total de 76 imagens.

Cada tipologia é analisada e representada a partir de um conjunto de parâmetros:

  • atribuição de valores cromáticos a cada tipologia e organização cronológica a fim de revelar padrões e tendências relativas a esse conteúdo;
  • descrição dos conteúdos de cada fotografia (o que contém ou conta) para um entendimento do que cada “eu” comunica, partindo do projecto Dear Data de Giorgia Lupi e Stefanie Posavec. Seguindo as tendências temáticas de partilha online, foram criados oito assuntos (eu, outro, interesses, eventos, comida, animal, paisagem/local, e objecto pessoal).
  • descrição emocional partindo de uma análise de expressões faciais (alegria, raiva, nojo, medo, tristeza e surpresa), incluindo a emoção associada (felicidade, dor, motivação, descontentamento, saudade, questionamento) com base na descrição de “como se está a sentir” (no caso dos tópicos MF e FI).
  • localização geográfica das imagens que integram as diferentes tipologias (acrescentando a localização referente à pesquisa no Google).

Estados da rede social Facebook
Os dados são retirados da minha página de Facebook durante o ano de 2014, segundo duas categorias:

  • “O que é?”: um vídeo, uma fotografia, uma notícia, um evento, uma frase, uma música, um link, ou um local;
  • “Sobre o quê?”: uma viagem, uma lembrança, um assunto cómico, um acontecimento, planos futuros, uma causa, uma dica, uma curiosidade, sentimentos, interesses pessoais ou de trabalho.

Definiram-se ainda intersecções entre categorias, quando um estado inclui vários assuntos. Estes resultados são ainda organizados em dois tópicos: estados partilhados por mim e estados partilhados por outra pessoa.

Análise de Preferências
Análise feita com base na observação dos “gostos” da rede social Facebook e das minhas recomendações, sendo os “gostos” divididos em três categorias:

  • “O que é?”: produto, comunidade, negócio, personalidade e organização;
  • “O que faz?”: carácter informativo, cultural, lazer/entretenimento ou se apela a uma causa;
  • “Sobre o quê?”: ciência, arte, tecnologia, comunicação, direitos, gastronomia ou saúde/bem-estar.

Organizados cronologicamente, do mais recente (presente) ao mais antigo (passado), o primeiro ponto é definido pela cor, o segundo pela espessura e o terceiro pela altura. Para o terceiro ponto, quando se abordam vários assuntos, são assinaladas as alturas correspondentes.

Análise da pesquisa Google
Esta análise define critérios para a construção do perfil físico da minha identidade digital a partir da introdução de várias fotografias minhas na pesquisa por imagem do Google, segundo três categorias: perfil de corpo inteiro, perfil de meio corpo, e perfil facial.

Localização geográfica
Análise minha da identidade digital segundo a localização geográfica no sentido de construir um mapa através de elementos fornecidos voluntariamente e involuntariamente pelo Google e pelas redes sociais.