Visualizing Montage:

on the climax of suspense

Um desenho virtual partilhado
Website (visualização de informação)
Ana Filipa Mendes
  • montagem
  • cinema
  • narrativa
  • visualização

Visualizing Montage: on the climax of suspense é um projecto de visualização da montagem cinematográfica, considerando cenas emblemáticas de filmes de suspense. Tensão e emotividade são qualidades inerentes aos momentos-clímax de um filme de suspense. A montagem tem um papel essencial na construção da narrativa cinematográfica e na gestão dos seus efeitos dramáticos. Deste modo, o clímax de um filme é passível de traduzir um estilo de montagem.

Para a criação das visualizações, seleccionou-se um conjunto de dez filmes, desde clássicos de suspense até manifestações mais contemporâneas do género, analisados mediante três parâmetros: a escala de plano, a transição de planos e o ângulo de câmara.A análise destes parâmetros foi posteriormente traduzida em representações gráficas que evidenciam padrões expressivos, métricos e rítmicos da montagem.

Ao transpor a dinâmica temporal do filme para a bidimensionalidade, Visualizing Montage propõe uma forma singular de ver e perceber a montagem. A estratégia adoptada disseca e condensa a montagem numa única representação visual, explicitando a especificidade da construção narrativa. Estas visualizaçõespodem ser entendidas como uma “engenharia inversa” do filme, revelando a sua estrutura e linguagem, como um sistema de notação da montagem.

Birds e Psycho de Alfred Hitchcock, The Shining e Eyes Wide Shut de Stanley Kubrick, Blue Velvet e Mulholland Drive de David Lynch, Cape Fear e Shutter Island de Martin Scorsese, Seven e The Girl With A Dragon Tattoo de David Fincher foram os filmes seleccionados. Destes, analisaram-se somente as suas cenas mais emblemáticas, que correspondem a uma duração aproximada de seis minutos.A análise parte de três parâmetros:
1. a escala de plano, que determina a distância da câmara;
2. a transição de plano, que determina a transição de um plano para o outro;
3. o ângulo de câmara, que determina o ângulo vertical em que esta se encontra.

Cada parâmetro é transposto para gráficos temporais que são organizados numa composição circular. As visualizações tornam-se especialmente elucidativas quando comparadas entre si, revelando de imediato semelhanças e/ou diferenças entre camadas de informação [fig2]. Quando comparadas, estas visualizações permitem-nos imediatamente reconhecer semelhanças e/ou diferenças entre os diferentes estilos de montagem.